NOVIDADES

21-04-2020

Cuidar do bem-estar mental é imprescindível

A maioria de nós, quando pensa em saúde, se lembra muito mais dos aspectos  físicos e acaba deixando em segundo plano o bem-estar mental. É preciso lembrar quanto à necessidade de haver equilíbrio entre corpo e mente. Visto que, qualquer problema que possa afetar a mente, também prejudica o corpo. O inverso também é verdadeiro.

Logo, para estarmos bem e, consequentemente, saudáveis, precisamos cuidar de todas as esferas de nossa vida e isso engloba o cuidado com as nossas emoções, especialmente, no momento em que estamos vivendo, e em qualquer fase da nossa vida, sejamos crianças, jovens, adultos ou idosos.

Como a família pode ajudar as crianças para que tenham uma boa saúde mental durante o período de isolamento social?

Neste período de quarentena, surgem muitas dúvidas de como auxiliar as crianças a passarem por este momento de um jeito mais leve, visto que muitas delas não têm discernimento para entender tudo o que está acontecendo com o mundo.

Por isso, ainda que não haja uma receita pronta, é preciso que os familiares ajudem seus filhos a enfrentar da maneira mais positiva possível, considerando que cada criança tem sua forma e nível de compreensão dos acontecimentos.

Uma boa dica é tentar manter as rotinas familiares, dentro daquilo que é possível, claro, bem como criar novas.  Para isso, avalie inserir atividades lúdicas e pedagógicas, como jogos e desenhos, para desenvolver junto com as crianças. Sempre que possível, incentive as crianças a continuarem brincando, mesmo que apenas com integrantes da família, devido à orientação relacionada ao distanciamento social.

Assim, como podem se expressar por meio de brincadeiras, as crianças se sentem bem e mais calmas diante das mudanças, exatamente porque podem se comunicar, vivenciar diferentes situações, aprender a ter controle emocional. Logo, ajudam no desenvolvimento físico, motor e cognitivo, indispensáveis para a saúde e bem-estar delas.

Veja alguns exemplos de brincadeiras:

Caça ao tesouro – para brincar, esconda o “tesouro” em algum lugar da casa ou do quintal, caso tenha um, e dê dicas para que as crianças consigam encontrar. É uma brincadeira que estimula a agilidade, atenção, concentração, raciocínio lógico, cooperação e estratégia.

Massinha – Você pode fazer a sua massinha em casa, usando água e farinha de trigo. Durante a interação é possível ensinar a criança a criar animais, pessoas, flores, objetos etc. Essa brincadeira ajuda a estimular a imaginação e trabalha a coordenação motora, por exemplo.

Jogo sensorial – É uma brincadeira que garante a diversão da garotada. Para começar, selecione, por exemplo, alimentos como frutas, legumes ou vegetais folhosos. Depois cubra os olhos do seu filho com um lenço ou outro tecido e incentive o tato e o olfato para que ele tente adivinhar o que está tocando ou cheirando. Atividades sensoriais estimulam a inteligência, ajudam na criatividade e permitem que as crianças aprendam explorando os sentidos, então, você pode escolher aquelas que tenham, por exemplo, movimentos, sons, texturas, aromas ou sabores.

Para que possamos manter o nosso bem-estar mental é preciso que estejamos envolvidos com atividades saudáveis e relaxantes, além de sono regular e alimentação balanceada.

  • 18-03-2020

    5 passos de como higienizar corretamente as mãos, de acordo com indicação da Organização Mundial da Saúde:

    Molhe as mãos, passe sabonete e esfregue normalmente a palma de suas mãos; Com...

    Leia mais
  • 06-11-2018

    Cestas de Natal 2018

    O Irani Supermercados oferece treze opções diferentes de Cestas de Natal, com ...

    Leia mais
  • 15-07-2019

    Harmonização de vinhos com sopas

    Quando o frio chega, e chegou com tudo, logo lembramos de pratos que ajudam a aq...

    Leia mais
  • 11-06-2019

    Amendoim é fonte de Ômega 3

    Estamos em pleno mês das festividades juninas, período em que são consumidos ...

    Leia mais